YCI recebe a visita dos Trinta-Réis

Trinta-Réis na marina do YCI – Foto: Julio Cardoso

Neste último final de semana lá estavam eles fazendo sua pausa para almoço…

Três espécies desta ave costumam frequentar nossa marina: o trinta-réis-de-bando (Thalasseus acuflavidus),o trinta-réis-real (Thalasseus maximus) e o trinta-réis-de-bico-vermelho (Sterna hirundinacea).

As duas primeiras se reproduzem no litoral de São Paulo entre maio e setembro, em colônias nas ilhas perto de Ilhabela, de Alcatrazes e de São Sebastião.

É possível que parte dos trinta-réis que frequentam a marina do YCI sejam viajantes, vindo à costa brasileira e à outras áreas costeiras do continente, para fugir do severo inverno na América do Norte, fato que  ainda está sendo pesquisado.

O trinta-réis-de-bando, porém, vivem o ano todo na América do Sul – e nesta época possivelmente estão indo para o sul (Sta.Catarina) para passar o verão.

A maior ameaça à sobrevivência dos trinta-réis é a perturbação e degradação de seus ninhais. Colônias no Chile foram abandonadas devido à interferência de turistas e ao barulho de jet skis.

A questão da perturbação dos ninhais se torna ainda mais crítico porque o trinta-réis real e o trinta-réis-de-bico-vermelho são consideradas espécies ameaçadas de extinção no Estado de São Paulo.

Assim, quando uma colônia for avistada – e isso vale para qualquer ave marinha – a melhor política é manter a distância e observar de longe.

Desde a semana passada eles estão de volta ao litoral norte em grupos que estão vindo até a Marina do YCI para descansar e se alimentar da enorme quantidade de manjubinhas que temos aqui ao redor de nossos flutuantes.

É um banquete para eles!

São pássaros incrivelmente graciosos, que dão um show tanto quando voam em grupo ou em formação e especialmente quando avistam um cardume e fazem mergulhos não muito fundos mas precisos.

Vale a pena apreciar este incrível show aéreo na nossa Marina e todos os barcos que entram e saem podem vê-los de perto.

Pedimos no entanto que todos colaborem, não os espantando com ruídos e nem os alimentando, pois são animais selvagens que sabem muito bem se sustentar com o que ha na natureza e com as manjubinhas que temos em abundancia em nossa Marina.

Um show que vale ser apreciado e para os que gostam de fotografia, eles são incrivelmente fotogênicos!!

Regata Volta à Ilha – Sir Peter Blake e festa encerram o XIV Circuito de Vela de Ilhabela – Copa Suzuki Jimny

Aviso de Regata da 4ª Etapa

A Copa Suzuki Jimny, 14ª edição do Circuito Ilhabela de Vela Oceânica, se aproxima dos momentos finais. Os campeões da temporada serão definidos na quarta e decisiva etapa, marcada para os finais de semana de 29 e 30 de novembro e 6 e 7 de dezembro. Com sede no Yacht Club de Ilhabela (YCI), a competição reúne embarcações das classes ORC, HPE, IRC, C30 e RGS. A regata mais esperada da temporada, “Volta à Ilha – Sir Peter Blake”, em homenagem ao velejador neozelandês que participou da primeira edição, está prevista para 29/11.

“É uma regata muito bonita pelo cenário que o contorno da ilha proporciona aos velejadores. Temos de aproveitar porque só temos duas oportunidades por ano de correr provas mais longas no litoral norte: Alcatrazes, na Ilhabela Sailing Week, e a Peter Blake, na Copa Suzuki Jimny. Com certeza vai atrair muitos barcos”, espera Carlos Eduardo Souza e Silva, o Kalu, diretor de Vela do YCI e comandante do Orson, segundo colocado na classe IRC, três pontos atrás do Rudá (Mário Martinez).

“O pessoal de Santos e de Ubatuba deve comparecer em peso. Costuma ser a etapa mais forte do ano”, prevê Kalu. “Precisamos velejar bem e nos preparar para defender em 2015 o título sul-americano de ORC conquistado pelo Orson neste ano, somando-se o Circuito Punta del Este de Oceano e a Ilhabela Sailing Week”. Além da Regata Volta à Ilha – Peter Blake, a festa de encerramento, marcada para 6 de dezembro na Pousada Armação dos Ventos BL3, motiva a confraternização dos velejadores na Capital Nacional da Vela. Haverá duas premiações distintas. Uma exclusiva para a quarta etapa e outra para os melhores do circuito anual em cada classe.

A última etapa promete emoção na maioria das classes inscritas. Na competitiva C30, a liderança é do CA Technologies (Marcelo Massa), campeão em 2013 como Loyal. A tripulação comandada por Marcelo tem 12 pontos perdidos, seguida de perto pelo Caballo Loco (Mauro Dottori), com 18. Na HPE, o Ginga (Breno Chvaicer), também atual campeão lidera com folga de 20 pontos sobre o segundo colocado, 15 a 35 contra o Fit To Fly (Eduardo Mangabeira).

Nas disputas da RGS predomina o equilíbrio. Na A, o BL3 Urca (Pedro Rodrigues) soma 12 pontos perdidos contra 17 do Montecristo (Julio Cechetto). Na RGS B a diferença é um pouco maior. O Asbar II (Sergio Klepacz) tem oito pontos enquanto o Kanibal (Martin Bonato) possui 18. Na C, o Zeppa (Diego Zaragoza) aparece na primeira colocação, com Rainha (Leonardo Pacheco) em segundo, 18 a 23 pontos perdidos. Na Cruiser, apenas três pontos separam o líder BL3 Wind Nautica (Clauberto Andrade) do Jambock (Marco Aleixo).

Resultados acumulados após três etapas, considerando-se os descartes:

C30
1º – CA Technologies (Marcelo Massa) – 12 pp
2º – Caballo Loco (Mauro Dottori) – 18 pp
3º – Caiçara Porsche (Marcos de Oliveira Cesar) – 26 pp

HPE
1º – Ginga (Breno Chvaicer) – 15 pp
2º – Fit to Fly (Eduardo Mangabeira) – 35 pp
3º – Suzuki Bond Girl (Rique Wanderley) – 39 pp

RGS A
1º – BL3 Urca (Pedro Rodrigues) – 12 pp
2º – Montecristo (Julio Cechetto) – 17 pp
3º – Fram (Felipe Aidar) – 20 pp

RGS B
1º – Asbar II (Sergio Klepacz) – 8 pp
2º – Kanibal (Martin Bonato) – 18 pp
3º – Helios (Marcos Gama Lobo) – 20 pp

RGS C
1º – Zeppa (Diego Zaragoza) – 18 pp
2º – Rainha (Leonardo Pacheco) – 23 pp
3º – Sextante (Thomas Shaw) – 28 pp

RGS Cruiser
1º – BL3 Wind Náutica (Clauberto Andrade) – 8 pp
2º – Jambock (Marco Aleixo) – 11 pp
3º – Cocoon (Luiz Caggiano) – 20 pp

IRC
1º – Rudá (Mario Martinez) – 4 pp
2º – Orson (Carlos E. S. Silva) – 7 pp
3º – Mussulo III (José Guilherme Caldas) – 12 pp

Fan page no Facebook - A Copa Suzuki Jimny tem página no Facebook para divulgar as informações sobre a competição, velejadores e classes. Além disso, o espaço na internet é um ponto de encontro virtual para atletas, árbitros e fãs da modalidade. Para curtir e ter acesso às atualizações, basta acessar o Facebook e digitar Copa Suzuki Jimny – Circuito Ilhabela de Vela Oceânica.

A Copa Suzuki Jimny/XIV Circuito Ilhabela de Vela Oceânica é organizada pelo Yacht Club de Ilhabela, com patrocínio máster da Suzuki Veículos e co-patrocínios de SER Glass e F7 Blindagens. Apoiam o evento: Prefeitura Municipal de Ilhabela, North Sails, Pousada Armação dos Ventos, Rádio Antena 1 Litoral Norte, Revista Mariner, Mar&Vela, Sail Station.com e Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião.

Por ZDL - Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br

Tel: 11 3285-5911 / Vivo: 11 9 7602-2986

Temporada de Pesca 2014: abertas as incrições

Cabecalho-II

 

A Temporada de Pesca Marque e Solte do Yacht Club de Ilhabela 2014 está prestes a começar e este ano o torneio terá uma categoria apenas, aberta para inscrição geral, com diversos troféus  e premiações para modalidades e espécies específicas, além da tradicional premiação de classificação geral.

As inscrições devem ser feitas no Yacht Club de Ilhabela até a véspera da segunda etapa realizada,  observando as condições mínimas de frequência para classificação, expostas no Regulamento da temporada.

A taxa de inscrição, por embarcação é de R$1.550,00 por embarcação, até 24 de outubro de 2014. A partir de 25 de outubro o valor passa a ser de R$1.750,00

Embarcações filiadas ao YCI têm 10% de desconto e ao ICBU 5% de desconto.

A ficha de inscrição  já está disponível para download neste link.

Vale lembrar que a inscrição inclui o capitão-de-pesca e o proprietário, além de dar direito a cadastrar 4 pescadores. Pescadores adicionais pagarão a taxa de R$ 250,00 com 50% de desconto para mulheres e também para sócios do YCI e do ICBU e seus respectivos dependentes.

A premiação geral da Temporada será no coquetel de encerramento da Temporada 2014,  no dia 13 de dezembro, na sede do YCI, após a etapa de pesca, ou mesmo que esta não se realize.

Veja as datas previstas para as saídas:

1ª Etapa – 01 de Novembro
Abertura com cocktail de boas vindas.

2ª Etapa – 08 de Novembro
Regular sem receptivo.

3ª Etapa – 15 de Novembro
Regular com buffet de sushi e peixes grelhados.

4ª Etapa – 22 de Novembro
Regular sem receptivo.

5ª Etapa – 29 de Novembro
Regular com buffet de sushi e peixes grelhados.

6ª Etapa – 06 de Dezembro
Regular com buffet de sushi e peixes grelhados

7ª Etapa – 13 de Dezembro
Grande festa de premiação e encerramento

Fica a todos o convite para participarem da XXVII Temporada de Pesca Oceânica YCI 2014.

Informações atualizadas você encontra aqui no site www.yci.com.br ou na comunidade de pesca do YCI no Facebook.

Gustavo Oliva
Comissão de Pesca do YCI

patrocinadores-rodape-site

Coquetel de abertura da Temporada de Pesca 2014

lancamento-pesca-2014-001

Aconteceu na noite de ontem, 29 de setembro, o Coquetel de Abertura da Temporada de Pesca Oceânica Marque e Solte do Yacht Club de Ilhabela, com a presença de pescadores, convidados e associados.

A temporada contará com sete etapas, todas previstas para os meses de novembro e dezembro.

Em breve você poderá consultar o regulamento e a ficha da inscrição para participar conosco de mais esta temporada.

Anote as datas:

1ª Etapa – 01 de Novembro
Abertura com cocktail de boas vindas.

2ª Etapa – 08 de Novembro
Regular sem receptivo.

3ª Etapa – 15 de Novembro
Regular com buffet de sushi e peixes grelhados.

4ª Etapa – 22 de Novembro
Regular sem receptivo.

5ª Etapa – 29 de Novembro
Regular com buffet de sushi e peixes grelhados.

6ª Etapa – 06 de Dezembro
Regular com buffet de sushi e peixes grelhados

7ª Etapa – 13 de Dezembro
Grande festa de premiação e encerramento

Imprimir Página

Inicial

……….      ………. ……….  ……….  ……….

 iconeclimatempo        

Link permanente para este artigo: http://yci.com.br/