YCI se mobiliza pelo fim da pesca comercial do Sailfish e pede a sua participação

Como todos sabem o Yacht Club de Ilhabela incentiva a pesca desportiva sustentável, na qual os pescadores, ao fisgar exemplares dos peixes de bico (marlins e sailfishs), fazem a marcação destes exemplares e os devolvem ao oceano, contribuindo para a pesquisa científica internacional sobre os hábitos destas espécies.

Tomando parte em um movimento de entidades envolvidas com a pesca esportiva no Brasil, o YCI está engajado em angariar assinaturas para uma petição a ser enviada ao Ministério da Pesca para incluir o sailfish na lista de peixes de bico que não podem ser pescados comercialmente na costa brasileira.

Além disso a petição quer proibir o uso da sardinha viva como isca na pesca industrial.

petição on line pode ser assinada por qualquer cidadão até o dia 3 de setembro próximo.

Sua participação e a divulgação desta causa é muito importante para a proteção destas espécies na costa brasileira.

Entenda a situação

Já existe uma instrução normativa da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (IN SEAP 12 de 14.7.2005) que proíbe a captura dos marlins, mas deixa de fora o sailfish, espécie que a petição quer incluir na proibição.

Além disso, a petição quer proibir o uso da sardinha viva como isca nos chamados “espinhéis”, dos navios pesqueiros. Os espinhéis são enormes cabos que prendem anzóis nos quais a sardinha viva é usada como isca de forma indiscriminada, inclusive na época d e seu defeso (proibição de pesca).

As iscas com sardinhas vivas atraem não apenas os dourados e atuns, alvos principais da pesca, mas também os marlins, sailfishs, tartarugas, albatrozes, gaivotas e outras espécies que se alimentam da sardinha, provocando enorme mortalidade destas espécies, que são simplesmente jogadas fora no momento do embarque.

“7º World Recreation Fishing Conference” 

A petição será encaminhada ao Ministério da Pesca junto com o relatório final da 7ª World Recreation Fishing Conference”, que acontece na UNICAMP, em Campinas, entre os dias 1 e 4 de setembro de 2014.

Farão parte da conferência o ex-diretor de pesca do YCI, Laurent Blaha, o professor e pesquisador Alberto Amorim e o Dr. Hélcio Honda, representando a ANEPE, Associação Nacional de Ecologia e Pesca esportiva, além de representantes da pesca esportiva oceânica do Brasil.

Restaurante passa por restruturação em agosto

DSC_4444

Caro associado:

O YCI contratou os consultores da Consulthar Planejamento e Gestão para avaliar a organização, os processos e atividades do nosso restaurante, buscando identificar problemas que impedem o seu melhor desempenho, bem como sugerir medidas corretivas e estratégicas para impor um ambiente de excelência, tanto na produção como no atendimento.

Já tendo sido concluída a fase preliminar de diagnóstico operacional, passaremos à implantação das necessárias providências, que irão abranger todas as áreas do restaurante, dentre as quais destacamos: revisão de cardápio, ajuste nas receitas, elaboração de fichas técnicas dos pratos; elaboração de manual de procedimentos e operações; implantação de módulos e adequação do software de controle; aprimoramento de controle de estoques e compras; gestão de vendas e treinamento das equipes (geral, cozinha e salão).

Para que essas medidas possam ser implementadas com a eficiência adequada, no período de 11 de agosto a 1 de setembro os serviços do restaurante estarão suspensos, porém serão mantidos exclusivamente os serviços de bar e preparo de lanches.

Estamos certos de que tais medidas são necessárias ao atendimento das expectativas da gestão de nosso clube, adequando os processos para a otimização, o consequente alcance dos resultados econômicos esperados e a satisfação de todos.

YCI recebe alvará para construção de sua nova sede

IMG_5516

Por ocasião do encerramento da 41ª Ilhabela Sailing Week, no último dia 26, o prefeito de Ilhabela, Antonio Colucci, fez a entrega do Certificado de Álvará para Construção da nova sede do YCI ao comodoro José Yunes.

DSC_0037Na oportunidade o comodoro agradeceu o prefeito e enalteceu, igualmente, o trabalho do desenvolvido pelo vice-comodoro, Sergio Canestrelli, responsável técnico pela obra.

Os diretores Ivan Lopes e Artur Mendes foram igualmente lembrados pelo comodoro não apenas como extraordinários colaboradores do projeto, mas também por sua importante função no acompanhamento das obras.

José Yunes aproveitou a ocasião para anunciar que as obras serão iniciadas imediatamente após a apresentação dos projetos de estrutura, hidráulica e elétrica.

Imprimir Página

Inicial

……….      ………. ……….  ……….  ……….

 iconeclimatempo        

Link permanente para este artigo: http://yci.com.br/